MP pretende recorrer ao TJ sobre decisão de manter comércio de Cascavel aberto

0
116

O Ministério Público de Cascavel pretende recorrer ao Tribunal de Justiça para conseguir o fechamento do comércio em Cascavel.

A decisão de primeiro grau, dada no início da tarde hoje (14) negou o pedido da promotoria que queria a proibição de abertura de todo o comércio não essencial do município.

O recurso possível é um agravo de instrumento onde os desembargadores do TJ irão reavaliar a decisão dada em Cascavel.

No início da semana passada a prefeitura autorizou a abertura de grande parte do comércio, desde que as empresas tivessem até nove funcionários e mantivessem determinados cuidados de segurança.

Para a promotoria a situação gera risco já que Cascavel tem proporcionalmente ao número de habitantes o maior número de casos confirmados e uma das menores médias de leitos por habitante.

Na decisão que negou a liminar, o juiz Eduardo Villa Coimbra Campos disse que o município tem tomado decisões baseadas no diálogo e que é comum que em situações complexas como esta hajam diferentes posturas entre os gestores.