Movimento continua intenso na Ponte da Amizade, mesmo com fronteira fechada

Só pode entrar no país vizinho apenas paraguaios ou estrangeiros residentes no Paraguai

0
237

Mesmo com a fronteira do Paraguai fechada, o movimento na Ponte Internacional da Amizade continua o mesmo. Na manhã de terça-feira (17), motoristas enfrentaram grande fila de veículos no sentido Foz do Iguaçu para Cidade do Leste.

Só pode entrar no país vizinho apenas paraguaios ou estrangeiros residentes no Paraguai. A decisão foi anunciada pelo governo paraguaio no fim de semana como forma de prevenção a transmissão do novo coronavírus (Covid19).

Cidade do Leste é um dos principais centros comerciais do mundo e atrai turistas de todos os continentes e com isso aumenta o risco de transmissão da doença na fronteira.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde é evitar aglomerações de pessoas e o fechamento da fronteira é uma das medidas adotas pelo governo. O setor privado também aderiu a guerra contra o coronavírus e algumas lojas anunciaram a suspensão dos serviços por tempo indeterminado.

A Argentina também fechou as fronteiras e restringiu o acesso para evitar que pessoas contaminadas com a doença acesse o país. Em Foz do Iguaçu, a Polícia Rodoviária Federal acompanha de perto a movimentação nas duas fronteiras.

O Coronavírus desde 11 de março é considerado pandemia, com mais de 100 mil pessoas infectadas e cerca de 5 mil mortes ao redor do mundo. Segundo o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, na tarde de segunda-feira (16), o Brasil soma 234 casos confirmados da doença. Já os casos suspeitos ultrapassam os 2 mil, chegando a 2.064.