19.4 C
Brasil
sexta-feira, maio 7, 2021

Justiça decide que Google deve enviar dados para investigação de crime

A Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (26) manter a decisão que obrigou o Google a entregar à Justiça informações de usuários sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes, em 2018, no Rio de Janeiro.

Os ministros julgaram um recurso da empresa contra decisão da Justiça do Rio que determinou a entrega de informações sobre os acessos de pessoas à plataforma em busca de informações sobre a vereadora. Para o Google, a decisão foi ilegal por determinar quebra de sigilo de forma genérica. 

Na decisão, o colegiado entendeu que a medida não coloca em risco a privacidade dos usuários e é necessária para ajudar nas investigações do assassinato. 

Em nota, o Google lamentou a decisão do STJ e reiterou o respeito pelas autoridades brasileiras. A empresa também informou que avalia recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). 

“Embora tenhamos atendido diversas ordens expedidas no caso em questão, entendemos que a discussão levada ao STJ envolve pedidos genéricos e não individualizados, contrariando a proteção constitucional conferida à privacidade e aos dados pessoais. Mais uma vez, o Google reafirma o compromisso com a privacidade dos brasileiros e está avaliando as medidas a serem adotadas, inclusive um eventual recurso ao Supremo Tribunal Federal”, declarou a plataforma. 

Relembre o caso

A vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes foram mortos a tiros no Estácio, região central do Rio de Janeiro, quando o carro em que estavam foi atingido por diversos disparos. Quatro tiros acertaram a vereadora e três, o motorista.

Marielle voltava de um evento na Lapa, chamado Jovens Negras Movendo as Estruturas, quando teve o carro emparelhado por outro veículo, de onde partiram os tiros. Uma assessora da parlamentar, que também estava no carro, sobreviveu aos ataques.

O desdobramento mais recente da investigação do crime foi a decisão da Justiça de mandar a júri popular os dois homens acusados pelas mortes: o sargento da reserva da Polícia Militar Ronnie Lessa e o ex-policial Élcio Queiroz. Eles estão presos na Penitenciária Federal de Porto Velho desde março do ano passado e negam participação nos dois assassinatos.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Delegada da Polícia Civil fala sobre operação contra o tráfico de drogas em Cascavel

https://www.dailymotion.com/video/x7z3e9q Na tarde desta quarta-feira (03) a Delegada da Polícia Civil, Anna Karyne Turbay Palodetto, concedeu uma...

Carnaval será ponto facultativo nas repartições públicas do Município

O decreto nº 15.938, que será publicado na edição desta quinta-feira (4) do Diário Oficial do Município, estabelece os feriados e pontos...

Entidades do Oeste vão pedir a Bolsonaro para que mude modelo do novo pedágio no Paraná

Mais de 100 entidades do Oeste do Paraná estão se mobilizando para pedir ao presidente Jair Bolsonaro para que interceda em favor...

Regional de Saúde Cascavel já aplicou 79% das vacinas disponíveis

O Paraná vacinou 158.780 pessoas contra a Covid-19 até esta terça-feira (02). O número representa 66,4% das 238.871 doses distribuídas a todos...

Related news

Delegada da Polícia Civil fala sobre operação contra o tráfico de drogas em Cascavel

https://www.dailymotion.com/video/x7z3e9q Na tarde desta quarta-feira (03) a Delegada da Polícia Civil, Anna Karyne Turbay Palodetto, concedeu uma...

Carnaval será ponto facultativo nas repartições públicas do Município

O decreto nº 15.938, que será publicado na edição desta quinta-feira (4) do Diário Oficial do Município, estabelece os feriados e pontos...

Entidades do Oeste vão pedir a Bolsonaro para que mude modelo do novo pedágio no Paraná

Mais de 100 entidades do Oeste do Paraná estão se mobilizando para pedir ao presidente Jair Bolsonaro para que interceda em favor...

Regional de Saúde Cascavel já aplicou 79% das vacinas disponíveis

O Paraná vacinou 158.780 pessoas contra a Covid-19 até esta terça-feira (02). O número representa 66,4% das 238.871 doses distribuídas a todos...
%d blogueiros gostam disto: