Covid-19: 98% dos passageiros do transporte coletivo já atendem ao Decreto e fazem a chamada “barreira mecânica” contra o vírus

Educação de Trânsito, junto com fiscais dos terminais, realizam atividade educativa hoje (8) para incentivar o uso correto de máscara

0
83

Fiscais que atuam nos terminais de transbordo, com apoio da equipe de educação de trânsito, realizam ação educativa hoje (8) para incentivar o uso de máscara no descolamento para o trabalho entre os passageiros do transporte coletivo urbano de Cascavel. O resultado da convocação feita pelo Município é positivo: cerca de 98% dos passageiros que acessam os ônibus do transporte coletivo urbano estão utilizando a chamada “barreira mecânica” contra o coronavírus.

O uso de máscara no transporte passou a ser obrigatório com a publicação, sábado (4), do Decreto Municipal nº 15.361. Nesta manhã, o que se viu foi o entendimento da população, que está usando a proteção. “Poucas pessoas ainda relatam desconhecer a informação, mas quando abordadas acatam a ideia. Há também casos de solidariedade, como uma enfermeira que doou uma máscara reserva para a pessoa que estava o lado sem a proteção”, conta a coordenadora do setor de Educação de Trânsito, Luciane de Moura.

Segundo ela, está sendo orientado que os trabalhadores utilizem a própria máscara de EPI (Equipamento de Proteção Individual) que é disponibilizada pelas empresas, o que de fato está ocorrendo.  “Orientamos que o trabalhador pode solicitar o EPI nas empresas e fazer o uso da mesma máscara durante o trajeto. Para o uso apenas no trajeto, ou para sair de casa, as pessoas podem lançar mão das máscaras de tecido, artesanais, que podem ser feitas com criatividade, em casa. O importante é fazer a proteção individual e proteger o outro”.

Demais ações nos terminais

Como medida de proteção, os fiscais estão orientando os passageiros a formar filas e evitar aglomeração, assim como o embarque é controlado, com apenas 50% da capacidade dos ônibus.

A cada embarque/desembarque os ônibus estão sendo higienizados por funcionários das empresas, para garantir maior segurança dos passageiros.